Destaques Home, Notícias

DEFENDA PM NA REUNIÃO GERAL DA FENEME EM BRASÍLIA PARA ALINHAR INFORMAÇÕES E ESTRATÉGIAS

Presidente da DEFENDA PM, Cel PM Luiz Gustavo Toaldo Pistori, esteve presente e iniciou tratativas para realização de cursos de assessoria parlamentar e ENEME – Encontro Nacional de Entidades de Oficiais Militares Estaduais, ambos pela FERMESP – Federação das Entidades Representativas dos Militares do Estado de São Paulo, que também preside.

A DEFENDA PM participou da reunião geral da FENEME – Federação Nacional de Entidades de Oficiais Militares Estaduais realizada ontem (14) em Brasília. Foi um encontro de alinhamento de informações sobre o momento político atual e o que se divisa para os próximos anos, com o governo PT. Com afiliadas nas 27 unidades da Federação, a FENEME é ouvida em todas as instâncias do Poder, do Supremo Tribunal Federal aos gabinetes de deputados e senadores. Tem cadeira no Conselho Nacional de Segurança Pública e Defesa Social – CNSP, do Ministério da Justiça e Segurança Pública .

O presidente da FENEME, Cel PMSC Marlon Jorge Teza, informou que conversou com todos os candidatos a presidente da República, durante a campanha, para tratar das grandes pautas das polícias e dos corpos de bombeiros militares. “Não estamos interessados em política partidária mas em obter resultados para as Corporações”, disse. “Fomos obrigados a ir para a Política para ter alguém que nos defenda no Parlamento; é uma questão de sobrevivência”, explicou. Ele tranquilizou os dirigentes das entidades filiadas ao relatar as reuniões com a equipe de transição de governo.

Passaram pela reunião vários deputados, dentre eles os paulistas Cel Tadeu e Cap Augusto. Tadeu aproveitou para se despedir e agradecer pelo apoio durante o mandato, garantindo que não volta; ele é o terceiro suplente do partido. O Cap Augusto falou sobre o projeto da LOB que deveria ser votado naquela tarde. “Ele será aprovado”, garantiu. De fato, a Câmara bateu o martelo na aprovação por volta de 20h30. Também participou da reunião o juiz de Direito Frederico Mendes Jr., que acaba de assumir a direção da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMAGIS).

Houve ainda a participação do Cel PMESP Elias Miler da Silva sobre os projetos que continuam em andamento no Congresso e que afetam as duas corporações, e o Cel PMMG Márcio Ronaldo de Assis, vice-presidente da FENEME, que fez um balanço das atividades neste ano. Ficaram definidas várias atividades para o ano que vem, dentre elas cursos de assessoria parlamentar nos Estados. São Paulo deverá sediar dois cursos a longo do ano e o ENEME – Encontro Nacional de Entidades de Oficiais Militares Estaduais.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *