POLÍCIA MILITAR PRESTA CONTAS SOBRE A SEGURANÇA PÚBLICA NA REGIÃO DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

O CPI-5, sediado em São José do Rio Preto e responsável por 96 municípios da região, através dos seus Batalhões de Polícia Militar, desenvolveu inúmeras ações de policiamento ostensivo e preventivo ao longo de 2017 voltadas à gestão da segurança pública, cujos resultados demonstram a redução dos indicadores criminais.
As ações típicas de policiamento ostensivo como as Operações de Saturação de áreas críticas, o restabelecimento da Operação Visibilidade em pontos estratégicos das cidades, o Treinamento Tático Noturno em pequenos municípios, o uso de novas tecnologias, o incremento da Inteligência Policial, o emprego operacional do efetivo administrativo, e o emprego especializado da CAEP, foram a referência para os ótimos resultados divulgados nesta semana pela Secretaria da Segurança Pública.
Os indicadores apontam, numa comparação entre os anos de 2016 e 2017, que essas ações foram fundamentais para a diminuição dos principais crimes da região. Veja:
a) Furtos de veículos: redução de cerca de 16%;
b) Roubo de veículos: redução de 19%;
c) Furtos em geral: indicadores estabilizados;
d) Roubos em geral: redução de mais de 25%;
e) Roubos a bancos: redução de cerca de 66%;
f) Latrocínios: redução de cerca de 28%.
Ressalta-se, sobretudo, que na área do CPI-5 a incidência de Homicídios Dolosos, tido como o indicador mais importante medido, posto que envolve a proteção da vida humana, verificou-se uma redução significativa de 12%.
Ao analisar estes números, o Comando do CPI-5 parabeniza todos os Policiais Militares da região pelo valoroso trabalho realizado e reafirma os compromissos da POLÍCIA MILITAR por uma sociedade mais segura e protegida.

Cel PM Rogério Xavier
Comandante do CPI-5

#podeconfiarpmesp

REPÚDIO AO REAJUSTE DE APENAS 4% ANUNCIADO POR GERALDO ALCKMIN

A CERPM – Coordenadoria das Entidades Representativas dos Policiais Militares do Estado de São Paulo, no exercício da representação de todas as entidades que a compõem, e, consequentemente, de todos os policiais militares a elas associados, externa NOTA DE REPÚDIO ao anúncio feito nesta quinta-feira, 4 de janeiro de 2018, pelo governador Geraldo Alckmin, do reajuste de apenas 4% nos vencimentos das polícias Militar, Civil e Técnico-Científica, válido a partir de 1º de fevereiro, o qual ainda deve ser votado pelos deputados na Assembleia Legislativa.

Continue lendo “REPÚDIO AO REAJUSTE DE APENAS 4% ANUNCIADO POR GERALDO ALCKMIN”