ESCLARECIMENTOS AOS ASSOCIADOS DA DEFENDA PM

DEFENDA PM – ASSOCIAÇÃO DE OFICIAIS MILITARES DO ESTADO DE SÃO PAULO EM DEFESA DA POLÍCIA MILITAR 

(*) Elias Miler da Silva

Nos últimos dias, estive em São Paulo na reunião do Comando Geral da PMESP com os Policiais Militares eleitos para a legislatura dos municípios de São Paulo. Aproveitando a viagem, divulguei as ações e intenções da DEFENDA PM para todos os Oficiais da Baixada Santista e, na data de ontem, fui recebido pelo Deputado Estadual Pedro Tobias, com grande influência no cenário político estadual, para tratar de temas importantes à nossa Instituição, principalmente a Previdência. 

Retornei a Brasília na data de ontem, a fim de dar o suporte para a delegação de Oficiais da PMESP no Congresso Nacional, tendo em vista que a Comissão Especial da Previdência foi instalada e necessita de nosso acompanhamento constante. 

Na data de hoje, verifiquei que algumas entidades representativas dos Policiais Militares de São Paulo foram recebidas pelo Secretário de Segurança Pública para tratar de assuntos atinentes à previdência e reajuste salarial, sem que houvesse a participação da DEFENDA. Tendo em vista que a DEFENDA não foi formalmente cientificada, imediatamente fiz contato com o Comando Geral, o qual pediu sinceras desculpas pela ausência da nossa Associação em importante reunião, por ter se esquecido de avisar para que outro representante me substituísse, empenhado junto ao Congresso Nacional. O Comandante Geral disse que apoia a DEFENDA e que esta será convocada e participará de todas as futuras reuniões de interesse institucional. 

A DEFENDA PM está atenta e verificando as melhores estratégias para representar nossos associados com o valor que merecem, pois nosso comprometimento é com a verdade e com os reais interesses dos nossos 931 associados.                                                

(*) É Coronel da Reserva da Polícia Militar e Presidente da Associação “DEFENDA PM”

www.defendapm.org.br

A PROIBIÇÃO DE A POLÍCIA MILITAR FAZER GREVE ESTÁ VINCULADA À CONTRAPARTIDA DO ESTADO

(*) José Augusto Rosa

Os descasos dos governos com as Polícias Militares do Brasil sempre se deu ao fato que podem deixar os PMs à míngua que vão continuar trabalhando da mesma forma pelo fato de serem proibidos de fazer greve, inclusive com previsão de crimes, e de não termos sindicatos para negociar mais duramente com o governo. 

A legitimidade da proibição da greve e da sindicalização dos PMs têm como contrapartida constitucional a previsão de revisão geral anual de vencimentos dos policiais militares. Aliás, desde 02 de outubro de 2014, encontra-se parado, com pedido de vistas do Ministro Dias Toffoli, o recurso extraordinário com repercussão geral nº 565089 – Relator Marco Aurélio – onde se decidirá o direito dos policiais militares à indenização pelo descumprimento da revisão geral anual dos vencimentos.

Houvessem os governos estaduais respeitado, ao menos, a contrapartida constitucional da revisão anual dos vencimentos dos policiais militares, provavelmente não teríamos o quadro atual na segurança pública, que tende a se agravar. O patrono da tese é o Dr. Eliezer Pereira Martins, da qual também comungo.

O Estado do Rio de Janeiro, mesmo “quebrado”, anunciou mais de 10% de aumento salarial para os policiais. Os policiais estão no limite, ninguém aguenta mais tamanha pressão e nenhum reconhecimento por parte dos governos e da imprensa.

Fica a dica para os governadores: comecem a valorizar os integrantes dessa instituição que já comprovou ser indispensável para a sociedade!

(*) É Deputado Federal por São Paulo, Capitão da Reserva da PMESP e Sócio da Associação “DEFENDA PM” 

www.defendapm.org.br

https://m.facebook.com/capitaoaugustooficial

ASSOCIADO DA DEFENDA PM TEM DESCONTO NO HOTEL HOLLIDAY INN ANHEMBI

(*) Elias Miler da Silva

 

Em mais uma iniciativa de valorização dos nossos associados, a DEFENDA PM celebrou mais um convênio, desta vez com o Hotel Holliday Inn Anhembi.

O hotel, situado próximo no Centro de Convenções Anhembi, próximo ao QCG e ao CAdm, oferece um nível de conforto superior, com excelentes instalações.

Este convênio, válido inicialmente para todo o ano de 2017, foi firmado neste mês de Janeiro em reunião da nossa diretoria com os administradores do hotel, que já recebe diversos Oficiais quando em deslocamento para a Capital.

Para usufruir das condições especiais, basta o Oficial entrar em contato previamente com a Srª Mariana Ibanhez, pelo fone (11) – 2107-0844, indicando ser associado da DEFENDA PM, pois o hotel terá sempre uma relação atualizada de nossos associados.

Os valores firmados foram:

– R$ 191,00 para o quarto individual;

– R$ 40,00 por adulto adicional no mesmo quarto;

– R$ 35,00 por pessoa o almoço ou jantar;

 

Seguem os dados do nosso mais novo parceiro:

Hotel Holliday Inn Anhembi

(11) 2107-8844/2107-0844

www.hollidayanhembi.com.br

[email protected]

Rua Professor Milton Rodrigues, 100 – Parque Anhembi – São Paulo/SP

 

(*) É Coronel da Reserva da Polícia Militar e Presidente da Associação “DEFENDA PM”

www.defendapm.org.br