PRESIDENTE BOLSONARO RECEBE OFICIAIS DO CNCG

A DEFENDA PM DIVULGA TEXTO DO CMT G DA PM DE SANTA CATARINA.
Importante destacar que a imprensa divulgou a reunião, conforme link mais abaixo.

Do Cmg Geral da PMSC, sobre o encontro com o Presidente eleito:
"Ontem, durante a manhã, estive com outros Comandantes Gerais participando de uma reunião com o Presidente Bolsonaro. 
Estavam presentes o vice presidente, o ministro da defesa, o chefe do GSI e o chefe do gabinete da presidência, todos generais.
Durante a audiência, que durou quase uma hora e meia, tive oportunidade de falar demoradamente sobre nossa visão de polícia e a experiência de SC.
Entraram na pauta de conversa aspectos conceituais sobre a construção de um modelo Gendarme para as Polícias Militares, nos moldes da EUROGENDFOR, o ciclo completo com TCO, o uso de tecnologias para a ordem pública e a segurança jurídica para os policiais que atuam nas ruas.
Do ponto de vista de posicionamento estratégico, abordamos a questão da maior participação das Polícias Militares em funções relevantes do Ministério da Justiça/SENASP e a lógica de financiamento federal para a segurança nos Estados.
Este foi o tema mais enfatizado.
A Força Nacional e as Guardas Municipais também foram assuntos abordados, estes pelos Comandantes da Amazônia e Minas Gerais respectivamente.
O tema da previdência foi abordado pelo próprio presidente, sob a ótica do desafio da necessidade de mudança e da compreensão da nossa natureza especial como militares.
A avaliação da reunião é positiva: foi a primeira vez que os comandantes de Polícias Militares foram recebidos por um presidente da República. Mais inédito pelo calibre das autoridades presentes, pela duração do encontro e pela atenção, curiosidade e empatia demonstrada por todos.
Os Generais ficaram impressionados quando o Coronel Miller, representando a FENEME, falou da quantidade de representantes e total de votos que teremos na Câmara Federal. 
Não pareciam ter essa noção.
O presidente concordou enfaticamente sobre a necessidade de maior participação das PMs no Ministério da Justiça/SENASP e chegou a chamar o Ministro Moro durante a reunião: disse para o assessor “chama o Moro, ele precisa escutar isso”. Infelizmente o Ministro do MJ não estava no prédio.
Também se dispôs a apoiar mudanças legislativas para proteger as Polícias Militares de ingerências políticas indevidas, como a aprovação da Lei Orgânica, e apoiar o Termo Circunstanciado. Ofereceu uma interlocução direta entre o CNCG e a presidência por meio do Cel Miller da FENEME e que também é presidente da DEFENDA PM.
Finalizo dizendo que sou cético, entendo que sempre há muita distância entre o falado e inteiro, mas fiquei otimista com as oportunidades abertas. Vamos agora aprofundar este contato com a Presidência, objetivar os esforços e buscar às mudanças desejadas.
Vivemos um momento especial, e nós de SC estamos em posição especial e destacada neste processo, seja na abordagem política/representativa (ACORS/FENEME) seja na abordagem institucional (CNCG).
Somos modelo, referência e motivo de orgulho.
Há muitos desafios, mas pouco que não valham a pena: se formos competentes, faremos história, juntos e fortes.
Papa é Mike."

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!

https://g1.globo.com/politica/noticia/2018/12/11/bolsonaro-recebe-representantes-de-policias-militares-no-gabinete-de-transicao.ghtml 

FENEME E DEFENDA VISITAM O CMT GERAL

A DEFENDA PM DIVULGA NOTA DO PRESIDENTE DA FENEME, CEL PMSC MARLON

Para conhecimento: nesta data (12/12) no quartel do Cmdo Geral da PMESP, acompanhado do Cel PMESP Ernesto da Associação de Oficiais DEFENDA PM, visitei o Sr Cmt Geral da PMESP, Cel Salles e todo seu Staff.
Tratamos cordialmente de vários temas nacionais, dentre os quais o TCO, nível de ingresso para Oficiais e Praças, panorama nacional e outros assuntos de interesse institucionais.
Como presidente da FENEME coloquei à disposição a nossa federação para auxiliar naquilo que for necessário.
Visita proveitosa e cordial.

Coronel Marlon
Presidente da FENEME