MAJOR OLÍMPIO DEFENDE A RESOLUÇÃO DO TJM