​Comando Geral, DEFENDA PM e Deputados na Defesa da Instituição, em Repúdio à Cena de “Malhação” da Rede Globo

Já não é mais novidade para ninguém que a Rede Globo de Televisão induziu a população a pensar que a PM é racista. No episódio de ontem do folhetim “Malhação”, dois atores utilizando roupas similares à farda dos policiais militares paulistas, com uma viatura com as características das nossas ao fundo, incorrem no crime de racismo e corrupção contra dois jovens.

 

Hoje o dia foi de rebater a afronta. O Comandante-Geral Cel PM Nivaldo César Restivo se manifestou pedindo à população que confie na PM; o deputado federal Maj Olímpio se manifestou pedindo à Procuradoria Geral da República direito de resposta e ao Ministério das Comunicações providências junto à emissora; o deputado estadual Cel Camilo e Telhada se manifestaram na tribuna mostrando descontentamento com a cena que foi ao ar.

 

Manifestou-se enfaticamente também o Cap Augusto, presidente da Comissão de Segurança da Câmara dos Deputados. Em ofício enviado ao Procurador-Geral do Estado de São Paulo, ele pediu que a Rede Globo “seja devidamente compelida judicialmente a proceder à retratação e à indenização pelos danos à imagem da Polícia Militar do Estado de São Paulo”.

 

A DEFENDA PM não apenas junta-se a esses oficiais na revolta ao que foi levado ao ar pela Rede Globo. Antes, elogia-os pela defesa intransigente e rápida de nossa Instituição, pelos meios legais, deixando claro que aqui estamos todos dispostos e unidos a defender a Polícia Militar do Estado de São Paulo de qualquer ataque, mesmo os que sejam feitos sob o manto da liberdade de expressão e de arte, cuja licença poética não deve macular os valores de defesa da sociedade, o compromisso com a defesa da vida, da integridade física e da dignidade da pessoa humana, pois na Polícia Militar do Estado de São Paulo todos podem confiar.
Elias Miler da Silva

Presidente da DEFENDA PM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *