INJUSTIÇA COM A POLÍCIA MILITAR

(*) Elias Miler da Silva

Excelentíssimo Senhor Governador Geraldo Alckmin, é com muito pesar que lemos, recentemente, matéria no jornal “A Tribuna” de Santos, na qual Vossa Excelência põe a culpa no rombo da previdência do Estado nos 1.800 Coronéis da Reserva da Polícia Militar.

E em defesa da verdade, primeiramente fomos confirmar a veracidade do fato, para não sermos Injustos, e agirmos com responsabilidade nas nossas manifestações, pois assim devem agir os agentes públicos.

Numa consulta simples ao site da transparência vamos verificar que inúmeras autoridades dos diversos poderes, do

Ministério Público e do Tribunal de Contas ganham bem mais do que o TETO IMORALMENTE FICTÍCIO que Vossa Excelência fixou e diz receber, quando sabemos que todas as suas despesas e de sua família não são pagas pelo vosso salário.

Não gostaríamos de fazer referências a outras carreiras, mas o que o senhor disse é de tamanha revolta e injustiça que nos obriga a esse comparativo. E infelizmente o senhor está repetindo o discurso do ex-governador e prisioneiro Cabral, que falava da inatividade dos Coronéis, mas desviava milhões de reais dos cofres públicos.

O Senhor sabe que ninguém presta concurso para Coronel e sim para Oficial da Polícia Militar, que somente chega a esse posto após MAIS DE TRINTA ANOS DE UM SERVIÇO SACRIFICANTE PARA O MILITAR E TODA SUA FAMÍLIA!

Desde muito jovem, os alunos oficiais ingressam na Academia de Polícia Militar do Barro Branco, e muitos o faziam com 14 ou 15 anos, perdendo grande parte de sua adolescência para se dedicarem a salvar vidas, a proteger as pessoas e seus patrimônios, fazer cumprir as leis e a preservar a ordem pública, mesmo com o sacrifício da própria vida. 

E, depois de formados, transitam por caminhos espinhosos como Aspirantes a Oficial, Tenentes, Capitães, Majores, Tenentes Coronéis e Coronéis, isso após mais de 30 anos de labuta e dedicação à causa pública. 

Vendo a sua declaração ingrata e injusta, para aqueles que garantem e garantiram a sua governabilidade por diversos mandatos, dá-nos uma grande saudade do democrata e republicano Governador Franco Montoro.

O senhor precisa valorizar mais a sua Polícia Militar, pois temos um dos piores salários do país e a pior carreira, seja para as praças ou para os oficiais, DAS VINTE E SETE UNIDADES FEDERADAS ESTAMOS CLASSIFICADOS NA VIGÉSIMA QUARTA POSIÇÃO. Somente para trazer a verdade, um Tenente de Santa Catarina ganha igual a um Coronel da PM paulista, ou um jovem Defensor de SP inicia a sua carreira ganhando igual a um Coronel.

Estamos há quase três anos sem qualquer reposição salarial. Nosso poder aquisitivo vem caindo. Militares residem em áreas de risco, pois não possuem condições mínimas de adquirir um imóvel próprio. E o que o estado faz para minimizar esse e tantos outros problemas?

Outros poderes e instituições, no Estado, e em outras unidades federadas tiveram reposição salarial em 2016. E a crise que assola o país é a mesma para todos os servidores. 

Lembre-se, senhor governador, damos a vida pra defender a sociedade e que um Policial Militar já morreu para salvar a vida do seu filho. 

Essa mesma Polícia que o protege e o defende não é valorizada. Sabemos que o momento é de crise, entendemos muito bem a situação. Mas é preciso olhar com mais carinho e respeito para aqueles que defendem a sociedade bandeirante nos 645 municípios do estado nas 24 horas do dia.

Excelência!

Converse com sua polícia, com o Comandante Geral e com as entidades representativas antes de replicar o que os outros dizem, e sem conhecimento profundo. 

Encerro com uma frase de um nobre cavaleiro inglês:

“Cuide bem do seu cavalo de guerra e ele morrerá lutando contigo”.

Cuide e respeite o vosso cavalo de guerra!

(*) É Coronel da Reserva da Polícia Militar e Presidente da Associação “DEFENDA PM”

www.defendapm.org.br

2 respostas para “INJUSTIÇA COM A POLÍCIA MILITAR”

  1. Boa tarde senhores…
    Esse conteúdo foi encaminhado formalmente ao Exmo Governador? Pois se não, estaremos falando pra nós mesmos e não para quem precisa ouvir.

    1. Boa noite Cláudio. Rede social bomba hoje em dia e com certeza chegará para o governador. Mas não deixa de ser uma ideia, enviando uma carta pelo correio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *